O Syllit 400 SC é um fungicida com ação essencialmente preventiva, assim como curativa quando aplicado no início da infecção 18 a 24 horas após a contaminação. Recomendado para o controlo do pedrado da macieira e pereira e antracnose da cerejeira.

Pontos Fortes

 

  • Modo de ação único.
  • Ação preventiva, curativa e erradicante.
  • Possui elevada capacidade de penetração nos tecidos da planta, deslocando-se rapidamente de forma translaminar.
  • É absorvido pelos tecidos da planta em apenas 1 hora após o tratamento, o que lhe confere grande resistência à lavagem pela chuva.
  • Pode aplicar-se em superfície molhada e em condições de baixas temperaturas.
Summary/Passport

Uso do produto: O Syllit 400 SC é um fungicida orgânico com ação essencialmente preventiva e de limitação das infeções do pedrado da macieira e pereira e da antracnose da cerejeira. 

Composição: Dodina (400 g/L) 

Formulação: Suspensão concentrada (SC) 

Nº Autorização provisória de venda DGAV: 3667 

Família química: Guanidinas

Modo de ação: Possui atividade preventiva, assim como curativa quando aplicado no início da infeção. Interfere com as membranas celulares conduzindo ao seu rompimento e à morte das células do fungo. 

Apresentação: 250ml - 1L - 5L

Condições de armazenamento: - 

Número máximo de aplicações: 2 tratamentos.

Registered Use

 

CULTURA

DOENÇA

CONCENTRAÇÃO (ML/HL)

VOLUME DE CALDA (L/HA)

EPOCA DE APLICAÇÃO

INTERVALO DE SEGURANÇA

Macieira e Pereira

Pedrado (Venturia inaequalis e Venturia pirina)

170-225 ml/hl

Volume de calda: 200 a 100 L/ha

Realizar a aplicação ao aparecimento da ponta verde das folhas e repetir no estado de botão branco ou rosa. Repetir à queda das pétalas, ao vingamento do fruto e se as condições climatéricas favorecerem o desenvolvimento da doença.

 

Os tratamentos durante a floração só serão realizados em cultivares em que esta se prolongue por largo período de tempo ou perante condições climatéricas favoráveis à evolução da doença.

 

 As aplicações devem ser espaçadas no mínimo de 10 a 12 dias.

 

60 dias

Cerejeira

Antracnose (Colletotrichum gloeosporioides)

130-162 ml/hl

Volume de calda: 500 a 1000 L/ha

 

Realizar a aplicação à queda das pétalas, e repetir se as condições forem favoráveis ao desenvolvimento da doença.

 

As aplicações devem ser espaçadas no mínimo de 10 a 15 dias.

 

Não aplicar com temperatura e humidade excessivamente altas.

14 dias