Arysta

O Proxanil é um fungicida único para o controlo do míldio da batateira, com uma formulação sinérgica que combina o efeito sistémico do Propamocarbe com o efeito penetrante do Cimoxanil.

Pontos Fortes

 

  • Elevada proteção do fruto graças à excelente complementaridade entre o Propamocarbe e o Cimoxanil.
  • Efeito preventivo, curativo e anti-esporulante.
  • Efeito curativo com efeito retroativo a 48 horas.
  • Elevada eficácia no controlo do míldio.
Informação Geral

Uso do produto: Proxanil é um fungicida com base em Cimoxanil (fungicida de contato com atividade sistémica local) e Propamocarbe (fungicida sistémico) para controlo do míldio da batateira. 

Composição:  Cimoxanil (50 g/L) e Propamocarbe (400 g/L, sob a forma de hidrocloreto) 

Formulação: Suspensão concentrada (SC) 

Nº Autorização de venda DGAV: 0244 

Família química:  Acetamidas e carbamatos 

Modo de ação: As duas substâncias ativas do Proxanil possuem modo de ação distinto e complementar no controlo do míldio da batateira. O Cimoxanil inibe a formação das paredes celulares do fungo e o Propamocarbe altera a permeabilidade das membranas celulares e inibe a síntese dos ácidos gordos do fungo. 

Apresentação:1L – 5L

Condições de armazenamento:  

Número máximo de aplicações: 6 aplicações por ciclo cultural.

Usos Autorizados e Aplicação

 

CULTURA

DOENÇA

CONCENTRAÇÃO (ML/HL)

VOLUME DE CALDA (L/HA)

EPOCA DE APLICAÇÃO

INTERVALO DE SEGURANÇA

Batateira

Míldio (Phytophthora infestans)

2 L/ha

Máximo 6 aplicações por ciclo cultural.

Intervalo de 7 dias entre as aplicações.

Aplicar o produto preventivamente, de acordo com as indicações do Serviço de Avisos.

As aplicações podem ser efetuadas entre o estado da cultura correspondente ao primeiro lançamento lateral até 50% da folhagem senescente. A persistência biológica do produto é de 7 dias.

 

14 dias

 

Informação de Segurança

Indicações de perigo 

H290 –Pode ser corrosivo para os metais. 

H317 – Pode provocar uma reação alérgica cutânea. 

H361fd – Suspeito de afetar a fertilidade. Suspeito de afetar o nascituro. 

H411 – Tóxico para os organismos aquáticos com efeitos duradouros.